Uma ressaca inspiradora e genial que vem “de casa”

Bom, começo meu texto fazendo um Disclaimer.Ana Tavares

Hoje, o post não será algo referente à relações interpessoais, casos ou qualquer outra coisa do gênero filosófico que abordo normalmente. Hoje, peço-lhes licença para apresentá-los uma grande mentora, amiga e uma excepcional artista plástica contemporânea. Eu lhes apresento Ana Tavares.

Trabalho com ela há pouco mais de um ano e já pude ver um pouco de seu trabalho, mesmo com todas as minhas tentativas, ainda não consegui avaliar tão de perto seu trabalho (I’m sorry). De toda forma, sempre estou de olho em suas criações e lhes aviso de antemão, vocês se surpreenderão com a simplicidade e profundidade de suas obras!

O estilo único de suas obras está na composição vista com um todo. Quem a avalia não pode simplesmente olhar para um elemento. Na minha humilde concepção, percebo que suas obras falam por si e possuem uma composição abstrata-geométrica intrigante. Quem os vê, sente uma inquietação gostosa no sentido de captar a essência das formas, mas ao mesmo tempo uma vontade de questionar a realidade de tudo aquilo. Talvez seja essa mesmo a proposta, talvez não.

De toda forma, o que pude perceber foi uma utilização de elementos puros e sóbrios, juntos à um alinhamento de formas e linhas, somado a cores vivas e intensas. Que sentimento gostoso esses quadros me trouxeram! Que sensacional! Que vontade de escrever mais e mais!

Obrigado por apresentar-nos suas obras, Ana Tavares. Obrigado por fazer do mundo um lugar mais belo com seus sentimentos e pensamentos!

Caso queiram entender do que estou falando, segue abaixo o site dessa artista maravilhosa. Lá tem formas de contato, algumas obras e um pouco mais sobre a Aninha.

http://www.anatavares.com.br/

 

E inspirado por suas obras, fiz umquadro_Ana Tavaresa frase que acredito ser bem plausível à realidade.

“Se todos seguissem as linhas de seus corações, talvez fizéssemos do mundo um lugar melhor. Enquanto as linhas do coração permanecerem frágeis ou desconexas teremos que sobreviver com relacionamentos que andam sob a corda bamba e que estão sempre por um fio”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s